Cerâmica Argibem e Ações Socioambientais

11 \11\UTC julho \11\UTC 2014 at 17:17 Deixe um comentário


A cerâmica Argibem, localizada no município de Três Rios, estado do Rio de Janeiro, tem desenvolvido uma série de ações de cunho socioambiental na comunidade local. Desde que o setor de meio ambiente foi fundado, no segundo semestre de 2013, a cerâmica tem investido cada vez mais no planejamento e realizações de ações socioambientais.

Um exemplo das ações realizadas é que, no primeiro semestre de 2014, a cerâmica patrocinou e auxiliou na realização, pelo segundo ano consecutivo, do III Simpósio de Gestão Ambiental e da Biodiversidade – SIGABI, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Em junho, a cerâmica participou do ciclo de debates da Escola Municipal Guilhermina Guinle, no qual alunos da segunda fase do ensino fundamental discutiram temas como mudanças climáticas, mercado de carbono e queimadas. “Este último tema é extremamente pertinente, uma vez que a Argibem está em uma das áreas do estado do Rio de Janeiro que mais sofre com as queimadas”, afirma Monica Ambivero, gestora ambiental da Argibem. Além de estimular a consciência crítica dos alunos, trazendo temas do cotidiano com uma nova abordagem, a cerâmica também busca, em conjunto com a escola e alunos, encontrar alternativas para evitar queimadas e minimizar os impactos.

Para o segundo semestre de 2014 a cerâmica está se programando para iniciar um projeto socioambiental que envolverá os colaboradores da Argibem e suas famílias: a implantação de um sistema agroecológico, o qual ficará nas dependências da cerâmica, em uma área conhecida como “barreiro’”. A ideia é convidar os filhos dos colaboradores, entre 11 e 17 anos de idade, e capacitá-los para a produção de orgânicos. Desse modo, tudo o que será produzido poderá ser vendido ou consumido pelos adolescentes e suas famílias. “Isto gerará uma renda extra não prevista para a família, além de colaborar para melhores condições de saúde. É importante apontar que a capacitação para produção de orgânicos implica em oferecer mais uma opção para o futuro desses adolescentes” afirma Mônica.

Outro projeto que a cerâmica Argibem pretende implantar é a realização do I Piquenique Ecológico. O piquenique será organizado para que os filhos dos funcionários (de 6 a 10 anos de idade) possam realizar atividades como a preparação de mudas de espécies arbóreas. Também ocorrerão explicações sobre o ciclo hidrológico e a importância da conservação dos bens ambientais para um futuro sustentável. Espera-se que todos os alimentos servidos às crianças e aos acompanhantes durante este dia sejam de origem orgânica, introduzindo assim o conceito de alimentação saudável.

Ações como essas trazem muitos benefícios para a cerâmica, como o maior envolvimento com a comunidade, sua valorização e melhor reputação. A comunidade, por sua vez, tem oportunidade de melhor se conscientizar de práticas ambientais, além de novos ensinamentos e frutos de renda. As ações descritas acima serão incluídas nas informações do próximo Relatório do Carbono Social da cerâmica, conferindo à Argibem aumento das notas nos recursos Sociais e Ambientais.

Entry filed under: Sustentabilidade. Tags: .

TAM e Sustainable Carbon rumo à economia de baixo carbono Visita de Verificação da Cerâmica Irmãos Fredi

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Inscreva-se para receber notificações de novos artigos por email!

Junte-se a 47 outros seguidores

Nosso Facebook

Nosso Twitter


%d blogueiros gostam disto: