Primeira visita de verificação ao Ecomapuá Amazon REDD Project

26 \26\UTC junho \26\UTC 2014 at 15:00 Deixe um comentário


ecomapuá 1

Em fevereiro deste ano, a equipe da Sustainable Carbon, os auditores da empresa RINA S.p.A e a equipe da Bioasset fizeram a primeira visita de verificação ao projeto Ecomapuá Amazon REDD Project.  A visita visava avaliar as reduções de emissões de gases de efeito estufa provenientes do desmatamento e degradação florestal (REDD), assim como os benefícios socioambientais à comunidade.

O projeto está localizado na parte oeste da Ilha do Marajó, Pará, Brasil. Seu principal objetivo é conservar 86.270 ha de Floresta Amazônica nessa região, a qual faz parte dos municípios de Breves, Curralinho e São Sebastião da Boa Vista. Para se chegar à área, é necessária uma jornada de aproximadamente 20 horas de barco a partir de Belém, capital do Pará.ecomapuá 2

Em uma visita de verificação, confere-se se o projeto está realmente acontecendo no campo e se a redução de emissões de GEEs são reais e se estão em conformidade com o projeto inicial, metodologia e demais regras aplicáveis. Essa visita acontece sempre que se deseja obter créditos de carbono, e deve ser realizada por uma empresa de auditoria independente acreditada pelo Verified Carbon Standard (VCS), padrão utilizado pelo projeto Ecomapuá para contabilizar as emissões e emitir os créditos no mercado voluntário.

Após a verificação, a equipe de auditoria independente, nesse caso a RINA,
pode levantar não conformidades, que deverão ser atendidas pela equipe desenvolvedora do projeto. Uma vez que as não conformidades forem solucionadas, a equipe de auditoria elabora o Relatório Final de Verificação, atestando que o projeto atingiu as reduções de emissões declaradas. Um dos auditores da RINA, ainda, foi responsável pela análise da parte social, ambiental e econômica do projeto, seguindo a metodologia do SOCIALCARBON Standard.

ecomapuá 3As equipes visitaram algumas comunidades ribeirinhas que residem dentro da área do projeto e uma área dedicada às comunidades, a qual concentra uma escola, uma igreja, um espaço para reuniões e um viveiro de mudas. Foi também realizada uma consulta local às partes interessadas, na qual as ações da empresa Ecomapuá foram discutidas com a comunidade. Dentro dessa discussão incluiu-se conservação florestal, cursos oferecidos para a população e o viveiro de mudas. Na ocasião, a Ecomapuá se propôs a custear três bolsas em Universidades do Estado do Pará para os melhores alunos das comunidades e a doar material de construção para um novo viveiro para produção de mudas. Foi ministrada também uma palestra ao curso de Gestão Ambiental na UNOPAR – Breves, buscando expor o projeto de créditos de carbono e conscientizar a população sobre a conservação florestal da Amazônia.

ecomapuá 4

A visita de verificação atendeu ao objetivo de conferir em campo os resultados das ações de conservação florestal realizada pela Ecomapuá e os benefícios socioambientais advindos do projeto. Houve um maior estreitamento das relações entre a empresa Ecomapuá e as comunidades residentes na área e região, além da oportunidade de divulgação do projeto aos estudantes de Breves, uma das maiores cidades da Ilha do Marajó. Desta forma, espera-se que esse projeto possa continuar contribuindo para a preservação da biodiversidade, melhorias sociais e geração de renda alternativa para comunidades ribeirinhas da região.

Entry filed under: Sustentabilidade. Tags: .

Produtora visita cerâmicas para registrar benefícios socioambientais em fotos e vídeos Visita de verificação às cerâmicas Nova Dutra, São Silvestre e Vila Nova

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Inscreva-se para receber notificações de novos artigos por email!

Junte-se a 47 outros seguidores

Nosso Facebook

Nosso Twitter


%d blogueiros gostam disto: