Cerâmica São Silvestre realiza consulta às partes interessadas

6 \06\UTC junho \06\UTC 2014 at 10:49 Deixe um comentário


Em março deste ano, a Cerâmica São Silvestre, do projeto de redução de emissão de carbono Nova Dutra, São Silvestre and Vila Nova Fuel Switching Project, realizou uma consulta formal às partes interessadas na região de Rio Bonito, RJ. A visita era uma das premissas do SOCIALCARBON Standard (ou Carbono Social), padrão que avalia os impactos sociais, econômicos e ambientais do projeto. Fazendo essa consulta às partes interessadas, a cerâmica se tornou a primeira a conquistar nota máxima no indicador correspondente no relatório SOCIALCARBON.

O recurso do SOCIALCARBON Standard o qual avalia a consulta às partes interessadas (às vezes chamadas de stakeholders) é o Recurso Carbono. Nele, entende-se por tais partes: a comunidade ao redor da cerâmica, os trabalhadores, os familiares dos trabalhadores, instituições públicas e privadas, parceiros, órgãos governamentais, entre outros.

Em uma consulta formal, deve haver distribuição de convite (via e-mail, correspondência ou pessoalmente), um responsável da cerâmica ou educador ambiental durante as reuniões para explicar sobre o projeto de carbono, o registro por uma ata o qual evidencie os assuntos tratados durante o encontro e uma lista de presença. Além disso, é importante questionar a opinião dos presentes para verificar se eles têm dúvidas, reclamações ou sugestões sobre o projeto. Para evidenciar a apresentação e a reunião, fotos e vídeos também podem ser usados.

Na consulta realizada pela Cerâmica São Silvestre, estavam presentes funcionários, membros da comunidade, outros ceramistas e instituições as quais recebem ajuda da cerâmica. Houve uma explicação sobre a troca de biomassa na cerâmica, como essa troca gera créditos de carbono e quais são os benefícios sociais, ambientais e econômicos resultantes do projeto. A Cerâmica São Silvestre substituiu óleo pesado, um combustível poluente, por biomassa renovável, diminuindo significativamente os impactos ambientais relacionados ao consumo de combustíveis fósseis.

A consulta teve um resultado positivo e os presentes puderam entender melhor o funcionamento de um projeto de carbono, coisa que antes pouco acontecia, pois pessoas ouviam falar e viam a divulgação da cerâmica, mas tinham dificuldade de compreender. A relação entre cerâmica e comunidade pôde ficar ainda mais íntima, tal como a relação com as instituições beneficiadas por doações muitas vezes possibilitadas pelo projeto.

Caso a sua cerâmica também tenha interesse em realizar uma consulta às partes interessadas em sua região, por favor, entre em contato conosco e nós o orientaremos melhor sobre os próximos passos.

Entry filed under: Sustentabilidade. Tags: .

Sustainable Carbon visita a Cerâmica Lara Produtora visita cerâmicas para registrar benefícios socioambientais em fotos e vídeos

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Inscreva-se para receber notificações de novos artigos por email!

Junte-se a 47 outros seguidores

Nosso Facebook

Nosso Twitter


%d blogueiros gostam disto: