Cerâmicas do Pará terão laboratório de análise

10 \10\UTC julho \10\UTC 2009 at 19:14 Deixe um comentário


Cerâmica Menegalli, de São Miguel do Guamá

Os ceramistas da região de São Miguel do Guamá (PA) vão ganhar um instrumento importante para o desenvolvimento da atividade: um laboratório de cerâmica. Uma parceira entre o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial ) e o Sindicer (Sindicato das Indústrias de Cerâmica) está construindo uma escola na cidade, onde o laboratório será instalado.

Na região, seis cerâmicas aplicam a metodologia do CARBONOOCIAL para gerar créditos de carbono. São elas: Cerâmica Menegalli; Cenol e Telha Forte; Kamiranga; Barbosa; Barreira; e Cavalcante.

A escola vai contar com quatro laboratórios: cerâmica, mecânica, elétrica e solda. O laboratório de cerâmica fará ensaios de qualidade dos produtos. Atualmente, o laboratório mais próximo fica a 826 km de distância, em Teresina (PI). Porém, para serem analisadas, as peças são enviadas para uma cidade ainda mais longe: São Bernardo do Campo (SP), a 2.779 km do município.

O Sindicer é responsável pelas instalações físicas da obra, que está sendo construída em um terreno do sindicato. E o Senai participa com a compra dos equipamentos.

A escola terá duas salas de aula com capacidade para 24 e 30 alunos cada. Segundo o presidente do Sindicer local, Raimundo Barbosa, a previsão é que o laboratório comece a funcionar no fim do ano. Ao lado, a idéia é construir uma nova sede do sindicato, com auditório para 200 pessoas.

Anúncios

Entry filed under: Cerâmicas, Pará.

Carbono Sustentável volta ao pólo gesseiro de Araripina Comprometimento da Nova Dutra com sustentabilidade valoriza créditos

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Inscreva-se para receber notificações de novos artigos por email!

Junte-se a 47 outros seguidores

Nosso Facebook

Nosso Twitter

  • Preparamos uma análise sobre o Cerrado brasileiro, com características e desafios do Bioma. A Sustainable Carbon... fb.me/1Nu5z6Dnp 3 days ago
  • Levamos nossos novos colaboradores para o 5º período de monitoramento das cerâmicas no Rio de Janeiro. Conheça... fb.me/2KzuG3Qs0 4 days ago
  • Em Bonn, na Alemanha, não foi só o chanceler brasileiro que "alfinetou" Donald Trump. Leia mais. fb.me/3L751ilZI 5 days ago
  • O Projeto REDD Florestal Santa Maria preserva sua área de mata natural, reduz o desmatamento da Amazônia, diminui... fb.me/1blQs35aD 1 week ago
  • Você acredita que pode dar certo? Também já teve alguma ideia para reduzir o aquecimento no Ártico? fb.me/3Cct3Ym7i 1 week ago

%d blogueiros gostam disto: