Carbono Sustentável avalia potencial de carbono das cerâmicas do Amazonas

30 \30\UTC junho \30\UTC 2009 at 18:03 Deixe um comentário


Ceramir: uma das cerâmicas visitadas

As cerâmicas da região de Manaus (AM) também estão procurando maneiras sustentáveis de produção. Para auxiliar essas empresas, uma equipe da Carbono Sustentável (antiga Carbono Social Serviços Ambientais) visitou novamente o pólo cerâmico de Iranduba, próximo à capital do estado, entre os dias 15 e 17 de junho, para verificar a possibilidade de gerar créditos de carbono através da aplicação da metodologia do CARBONOSOCIAL. Quatro cerâmicas foram visitadas: Montemar, Ceramir, Amazônia e Renascer.

O primeiro contato dos ceramistas da região com os projetos de crédito de carbono foi em 9 de maio de 2007, com a palestra do coordenador técnico da Ecológica Assessoria, Paulo Zanardi. Em continuidade à esse trabalho, o analista de projetos da Carbono Sustentável, voltou a orientar os ceramistas da região em um encontro na Associação dos Ceramistas do Estado do Amazonas (Aceram).

Recentemente, uma parceria recente entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AM) e a Agroindústria da Cooperativa Mista de Fruticultura e Açaí, de Codajás, município a 240 km de Manaus, passou a fornecer caroço de açaí para o pólo. Descartada na produção do alimento, essa parte da planta, segundo o gestor do Sebrae/AM do Pólo Oleiro, Marcus Lima, torna-se um problema ambiental. “Quando o caroço se decompõe, tende a poluir o solo e a água.”

Por enquanto, essa biomassa renovável é complementar à queima, mas o objetivo é usar, em breve, o caroço da fruta e outros tipos de biomassa como combustível.

Com informações do Sebrae/AM.

Para ver mais fotos clique aqui

Anúncios

Entry filed under: Amazonas, Cerâmicas.

Kitambar apresenta projeto de carbono em Caruaru Osklen compra créditos de carbono da Irmãos Fredi

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Inscreva-se para receber notificações de novos artigos por email!

Junte-se a 47 outros seguidores

Nosso Facebook

Nosso Twitter

  • Preparamos uma análise sobre o Cerrado brasileiro, com características e desafios do Bioma. A Sustainable Carbon... fb.me/1Nu5z6Dnp 3 days ago
  • Levamos nossos novos colaboradores para o 5º período de monitoramento das cerâmicas no Rio de Janeiro. Conheça... fb.me/2KzuG3Qs0 4 days ago
  • Em Bonn, na Alemanha, não foi só o chanceler brasileiro que "alfinetou" Donald Trump. Leia mais. fb.me/3L751ilZI 5 days ago
  • O Projeto REDD Florestal Santa Maria preserva sua área de mata natural, reduz o desmatamento da Amazônia, diminui... fb.me/1blQs35aD 1 week ago
  • Você acredita que pode dar certo? Também já teve alguma ideia para reduzir o aquecimento no Ártico? fb.me/3Cct3Ym7i 1 week ago

%d blogueiros gostam disto: