Posts filed under ‘Sementes/Caroço de açaí’

Mudando Atitudes


Cerâmica Cavalcante se converte ao modelo sustentável de negócios

Trabalhador da cerâmica Cavalcante

Durante 27 anos, a Cerâmica Cavalcante – uma pequena empresa produtora de telhas e tijolos localizada no estado do Pará – costumava usar lenha nativa da Amazônia como combustível de seu processo produtivo. As operações da cerâmica não apenas contribuíram para o já rápido desmatamento de um dos ecossistemas mais conhecidos e ameaçados do mundo, mas também se mostravam insustentável economicamente e ecologicamente.

Porém, em 2004, a cerâmica mudou sua atitude e implementou um projeto de redução de emissões em parceria com a Sustainable Carbon. Poucos anos depois, o projeto começou a gerar uma commodity chamada “crédito de carbono”, permitindo que a cerâmica minimizasse o impacto negativo no meio ambiente e investisse em iniciativas sócio-sustentáveis e comunitárias na região.

Açaí

Originalmente, o projeto constituía-se em substituir o uso de lenha nativa da Amazônia com o uso de práticas mais sustentáveis e amigáveis ao meio-ambiente. Por ter acesso abundante a tipos de árvores habitualmente usadas no Brasil como biomassa, a Cavalcante incorporou caroços de açaí, fibra de dendê e serragem de resíduos de madeira como combustível do processo de produção.

Fibra de Dendê

A fibra de dendê, derivada de uma espécie africana que é cultivada em áreas tropicais com altos índices de calor e umidade, é especialmente acessível no bioma amazônico. É altamente recomendada na produção de biodiesel, já que pode ser cultivada durante todo o ano; consequentemente, é uma solução de alta produtividade e preço baixo para o processo de produção da cerâmica.

Por conta de ter escolhido usar as biomassas citadas, a cerâmica cessou completamente o uso de lenha nativa, o que impactou diretamente na diminuição do desmatamento do frágil bioma amazônico.

Durante décadas, o desmatamento desenfreado causado pela atividade agroindustrial, levou à diminuição da área e da saúde da floresta. Embora o desmatamento esteja diminuído pouco a pouco nos últimos anos devido as medidas de proteção adotadas na área, a Amazônia continua sofrendo com os diversos efeitos da mudança climática, que tem impacto significante tanto no clima da Amazônia quanto no restante do mundo.

Trabalhador da cerâmica Cavalcante levando os tijolos para secagem

O uso de biomassa renovável não diminui apenas as emissões de gases do efeito estufa (GEEs), responsáveis pelas mudanças climáticas perigosas, como as que vem ocorrendo na Amazônia, mas também trouxe diversos outros benefícios econômicos e ambientais. Por exemplo, a diversidade de biomassas existente no Brasil permite que empresas como a Cerâmica Cavalcante procurem a biomassa mais acessível em suas regiões, garantindo que a troca de combustível seja uma opção economicamente viável. Além disso, o fornecimento local de biomassa garante que a produção se mantenha estável durante o ano todo.

Além disso, a queima de biomassa não produz uma elevada emissão de gases poluentes para a atmosfera. O balanço dos gases produzidos é neutralizado pela absorção de CO2 durante o processo de fotossíntese. Ainda, quando resíduos agroindustriais são reutilizados na produção como forma de biomassa, a pressão sobre os aterros sanitários é diminuída, que anteriormente recebiam os resíduos das operações agroindustriais.

Trabalhador da cerâmica Cavalcante examinando a argila

E os benefícios não param por ai. Com a crescente preocupação com sustentabilidade e negócios socialmente responsáveis no Brasil, o uso de biomassa renovável na produção está rapidamente se tornando uma prática comum na indústria ceramista brasileira. Na realidade, desde sua fundação em 2008, a Sustainable Carbon formou parcerias de sucesso com mais de 50 empresas ceramistas no Brasil para iniciar a troca de combustível.

Caso queira mais informações sobre como ser mais sustentável, ou contribuir para esse movimento positivo, por favor entre em contato com nossa equipe em info@sustainablecarbon.com ou visite nosso site para maiores informações — www.sustainablecarbon.com

A Cerâmica Calvacante usa a Metodologia SOCIALCARBON para monitorar e aperfeiçoar os benefícios sustentáveis conseguidos anualmente por meio do projeto de troca de combustível por biomassa renovável.

O SOCIALCARBON® Standard monitora os aperfeiçoamentos de um projeto ao longo do tempo, dando garantias e provas de sua contribuição para a sustentabilidade. A aplicação do SOCIALCARBON® consiste em monitorar o projeto em seis áreas cruciais para a sustentabilidade, sendo elas: social, economia, tecnologia, meio-ambiente, carbono e financeiro.

Para mais informações sobre o SOCIALCARBON® Standard visite www.socialcarbon.org

26 \26\UTC agosto \26\UTC 2011 at 18:18 Deixe um comentário

Caroço de açaí reduz emissões de cerâmicas do Norte


Caroço de açaí: biomassa de alto poder calorífico

Abastecer os fornos com caroço de açaí foi uma das maneiras que as cerâmicas do Norte do País encontraram para tornar a produção sustentável.  A oferta abundante dessa biomassa na região amazônica e o baixo custo favorece o uso nos estados do Norte do Brasil. (mais…)

1 \01\UTC outubro \01\UTC 2009 at 19:30 Deixe um comentário


Inscreva-se para receber notificações de novos artigos por email!

Junte-se a 12 outros seguidores

Nosso Twitter


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: